Perda da memória na gestação: mito ou verdade?



Esquecer onde deixou a chave do carro, não lembrar o número do telefone do marido, esquecer compromissos... muitas mulheres se queixam de ficar com a memória “fraca” no período da gravidez.


Mas será que isso é verdade?

Esse é um assunto controverso e que divide opiniões. Uma parte dos estudiosos acredita que essa falta de memória esteja relacionada ao aumento da taxa de progesterona que pode levar a alterações cerebrais, especialmente na área relacionada à atenção. E isso pode durar até 40 dias após o parto. E depois, com a queda da progesterona, tudo volta ao normal.


A outra parte de estudiosos acredita as mudanças hormonais até podem contribuir para isso, porém acham que seja mais mito que verdade.

Independente do que acham os estudiosos, a verdade, é que a gravidez é um período de muita ansiedade, alguns estresses (quem não? ) e preocupação. Além, do foco que fica todo voltado a espera do bebê. No final da gravidez e depois do nascimento vem a dificuldade para dormir, alimentação e rotina bagunçados e tudo isso contribui para essa perda de memória...


Por isso é importante o apoio e ajuda dos familiares e amigos.

Tentar, dentro do possível, manter uma dieta saudável e fracionada, evitando alimentos gordurosos, fazer atividades físicas, ter o hábito de ler, deixar lembretes...

Eu, particularmente, esquecia muito as coisas, principalmente meu celular... todo lugar que ia largava ... sorte que sempre achava...


E vc? Teve perda de memória na gravidez? Nos conte...



Dra Michelle Tsumura

Ginecologista e Obstetra especialista em Reprodução Humana

CRM/SP 132656

Especialidades

Obstetrícia
 

Ginecologia
 

Colposcopia e Vulvoscopia

Infertilidade
 

Tratamento HPV

Consultório

Fazemos consultas particulares e por convênios.
 

Rua. Tijuco Preto, 393 cj 57 

Tatuapé, São Paulo - SP

Contato

     11 94386-8505

     11 2295-3030

Redes Sociais