#BLOQUINHOSM - Carnaval com muita informação

O carnaval está chegando e com ele além da folia contagiante dos Shows, Desfiles e Bloquinhos, outras coisas podem ser contagiosas também!


Por isso iremos postar uma serie de conteúdos exclusivos e especiais dessa época do ano ... então coloque a fantasia, separe o confete e a serpentina, camisinha, lenço umedecido na bolsa, muita água e siga nossas dicas Carnavalescas!


Com as dicas da Clínica SM, você pode aproveitar a folia sem colocar riscos a sua saúde! #PartiuBloquinho #CarnaSM #Carnaval2020 #SaudeDaMulher



Banheiro Público


Pode ser uma tarefa muito difícil encontrar um banheiro público em meio a folia de Carnaval. E, encontrar um desses em condições adequadas de uso é ainda mais complicado. Mas quem não abre mão de brincar nos blocos de rua, mesmo na hora do aperto, tem que ter cuidado redobrado com a higiene para preservar a saúde íntima.

Seja banheiro químico ou aquele do bar mais próximo, nunca é seguro sentar no vaso sanitário público. As pessoas devem evitar a todo custo tocar as superfícies do vaso sanitário, principalmente as mulheres, pois para elas boa parte das infecções passíveis de serem contraídas nesses locais são infecções urinárias e vaginites além de micoses, doenças de pele ou infecção bacteriana, alerta a Dra. Michelle Tsumura.


A Dra. Michelle também orienta que nessa hora a melhor forma de se usar o banheiro público/químico é higienizar as mãos ao abrir e fechar a porta do local, não sente no vaso – utilize a técnica de agachamento - evite tocar as paredes do banheiro, elas podem estar contaminadas, não utilize papel higiênico desses locais, pois certamente eles estarão contaminados.


O mais seguro é preparar um kit básico e levar na bolsa ou na pochete para evitar doenças e infecções. Camisinhas, lenços de papel, lenços umedecidos e álcool em gel são essenciais para quem vai passar o dia inteiro fora de casa, na folia, explica a Dra. Michelle Tsurura.



Mononucleose, a uma doença do beijo


O carnaval traz além da folia contagiante dos Shows, Desfiles e Bloquinhos, outras coisas que podem ser contagiosas também!


Muito comum no carnaval, a mononucleose é uma doença que pode ser transmitida pelo beijo, isso porque, o vírus Epstein-Barr é transmitido pela saliva, sendo os beijos trocados durante as comemorações carnavalescas um grande meio de transmissão. Por isso ela é conhecida popularmente como a Doença do Beijo!


Os principais sinais da mononucleose são mal-estar, dor no corpo, febre alta, dor de garganta e aumento dos gânglios linfáticos, todos bem parecidos com os de uma gripe forte. E não se espante se demorarem a aparecer: o período de incubação é longo, de 4 a 6 semanas. Mas apenas um médico pode dar o diagnóstico preciso – um exame de sangue específico atesta a doença.


A Dra. Samara Laham ainda explica que a forma de contágio dessa doença não é apenas por meio beijos, mas também pode ser transmitida pela tosse, espirro e objetos levados à boca, como copos, talheres e escovas de dente.


A doença demora semanas, às vezes meses, para ser completamente curada pelo nosso sistema imunológico. As complicações relacionadas à doença do beijo incluem o aumento do baço e inflamação do fígado, que podem levar a dores intensas na barriga e inchaço do abdômen.


Depois de pegar a mononucleose, o seu corpo desenvolve imunidade, ou seja, essa é uma doença que só pode ser contraída uma vez.


Mas dá para evitar Dra.Samara?

Evitar mesmo você só evita se não beijar ninguém. Mas dá pra tomar alguns cuidados, se prevenir e se divertir com a consciência mais tranquila: Cuide de sua saúde, já que pessoas com sistema imunológico abalado são mais vulneráveis às infecções. Por isso coma bem, durma bem e beba bastante água durante o carnaval. Mantenha a higiene bucal em dia (escove os dentes, use fio dental e enxaguante bucal), pois quem já teve problemas bucais é um alvo fácil para as infecções. Evite compartilhar alimentos, pratos, copos, talheres e outros utensílios que se aproximam da boca.




Sexo sem PROTEÇÃO

NÃO!


No Bloquinho você avistou aquele Boy Magia lindo, troca de olhares, você se aproxima, beijo na boca, o clima esquenta e “Pah” ele não tem camisinha, e agora?


E agora que te apresentamos as principais doenças sexualmente transmissíveis que você corre o risco de pegar, caso decida continuar o ato sem preservativo:


• Aids: ataca o sistema imunológico. Os primeiros sintomas são parecidos com gripe, como febre e mal-estar;


• HPV: pode ser assintomático ou provocar o aparecimento de verrugas do tipo couve-flor na pele e nas mucosas do colo do útero, vagina, vulva, região pubiana, perianal, ânus, pênis, bolsa escrotal, boca e garganta. Pode causar câncer no colo do útero, verrugas genitais e câncer na vagina, vulva, ânus, pênis, orofaringe e boca;


• Gonorreia: os primeiros sinais podem surgir em 24 horas, tais como lesões e secreções parecidas com pus. A prática do sexo oral ou anal pode levá-la à região causando obstrução anal e alteração na voz;


• Sífilis: em graus elevados, pode causar pequenas feridas nos órgãos genitais, ínguas na virilha, gânglios aumentados, manchas vermelhas na pele, queda de cabelo. Esses sintomas podem desaparecer dando sinal que houve uma cura, mas na verdade volta pior podendo chegar a óbito;


• Herpes genital: causa ardor, prurido, formigamento e gânglios inflamados. Podem anteceder erupção cutânea e manchas vermelhas. Essas erupções e manchas podem evoluir para bolhas e, quando romperem, criarem casca e cicatrizarem, mas a pessoa continua com o vírus;


• Tricomoníase: traz dor durante a relação sexual, ardência e dificuldade para urinar, odor forte e coceira nos órgãos sexuais;


• Clamídia: a infecção pode não apresentar sintomas, por isso, pode dificultar o diagnóstico, mas os sintomas comuns são dor ou ardor ao urinar, vontade de urinar e presença de secreção fluida.


Mas sabemos que você já está com seu Kit Carnavalesco pronto, então se o Boy Magia não tiver preservativo, você abre sua bolsa e pega a camisinha que você trouxe ;) e ... #MigaSuaLouca #DepoisMeConta #PartiuBloquinho #CarnaSM #Carnaval2020 #SaudeDaMulher


Mas lembre-se sempre ... ...E tem muita gente por aí que ainda não entendeu que “ NÃO É NÃO”

Clínica SM

11 2295-3030

11 94386-8505 (whatsapp)

Rua. Tijuco Preto, 393 cj 57 – Tatuapé


PS: Gostou desse conteúdo? Ajude a espalhar essas informações compartilhando com suas amigas e parentes!

Especialidades

Obstetrícia
 

Ginecologia
 

Colposcopia e Vulvoscopia

Infertilidade
 

Tratamento HPV

Consultório

Fazemos consultas particulares e por convênios.
 

Rua. Tijuco Preto, 393 cj 57 

Tatuapé, São Paulo - SP

Contato

     11 94386-8505

     11 2295-3030

Redes Sociais